quinta-feira, 26 de setembro de 2013

'Chuvada'









Quantas palavras poderia dizer 
ao som da chuvada?
As linhas, a pena e eu no cimo da colina
à espera da alvorada.

O cântico dos pássaros entoam
nesta manhã que me brinda em lágrimas.
Que choro divino vislumbra meu olhar cansado,
sinto frescura na pele rasgada pelo passado.

Quantas palavras poderia dizer
ao som da chuvada?
Abraça-me amor do meu peito 
e deita-te comigo neste novo leito.

Ao som da chuvada quero que saibas
que meu beijo são palavras sagradas.
Nesta fria alvorada escrevo teu nome na terra molhada,
porque estas são palavras que digo ao som da chuvada.


Alexandra Martinho








6 comentários:

  1. Palavras que trazem a chuva... num outono que se quer fazer sentir!

    ResponderEliminar
  2. Por vezes a chuva pode ser inspiradora.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Ficou divino Alexandra muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Tantas palavras nascem da alma ao som da chuva.
    As tuas são perfeitas!

    beijinho

    ResponderEliminar
  5. toda a gente gosta muito do Verão e tal...mas, nada como uma chuvinha para inspirar uns versos, bonitos.

    ResponderEliminar

Façam do meu espaço o vosso espaço, ousem comentar... eu ousarei responder! :)