sábado, 7 de maio de 2016

Não chores









Não chores por quem te abandona, sorri por quem te acompanha. Não esqueças aquela e outra vez em que das mágoas nocturnas nasceu o dia. Daquela e outra vez em que o teu choro foi mar salgado e a tua gargalhada a areia onde te deitaste como menina de tempos áureos. 
Não chores, não tenhas pena porque o tempo urge e o corpo envelhece. Aproveita e vai! Passo a passo segue o teu rumo porque, hoje, hoje é tempo de ir sem ter pressa de chegar.
Não chores por quem te abandona. Não chores por quem teceu um dia falsas promessas. Sorri porque quebraste todas as regras e porque foste, és e serás sempre a única por quem deves chorar! Por ti e por aqueles que vivem verdadeiramente no teu coração!





Alexandra

1 comentário:

Façam do meu espaço o vosso espaço, ousem comentar... eu ousarei responder! :)